Glossário

. Bardo – Os seis estados intermediários da existência cíclica; frequentemente refere-se apenas ao estado intermediário entre a morte e o renascimento.

. Bodichita – No nível relativo, envolve trazer à tona compaixão de forma equânime por todos os seres e a aspiração de alcançar o estado búdico em benefício destes, como também se empenhar em práticas e atividades que levem a este objetivo; no nível absoluto, é o estado desperto da verdadeira natureza da realidade.

. Bodisatva – Um praticante do caminho Mahayana cujo objetivo é a iluminação e cuja única motivação é o benefício imediato e último de todos os seres.

. Buda – Alguém que removeu todos os obscurecimentos e fez surgir todas as qualidades positivas, incluindo as duas formas de onisciência: o completo conhecimento das causas e condições passadas, presentes e futuras, bem como da verdadeira natureza da realidade; a primeira das Três Jóias do refúgio.

. Buda Shakiamuni – O quarto dos mil budas que aparecerão neste éon; ele alcançou a iluminação em Bodh Gaya, na Índia, e ensinou 84 mil métodos do Darma de Buda (séc. V a.c.).

. Carma – O princípio da infabilidade de causa e efeito que diz que a virtude causa felicidade e a desvirtude cria sofrimento.

. Cinco Sabedorias – A sabedoria semelhante ao espelho, a sabedoria da equanimidade, a sabedoria discriminativa, a sabedoria que tudo realiza e a sabedoria do dharmadatu.

. Cinco Venenos – As emoções negativas que levam a renascimentos nos reinos do samsara; a raiva ou a aversão, o orgulho, o desejo, a inveja e a ignorância.

. Dharma – O corpo de ensinamentos do Buda Shakiamuni, que inclui os 84 mil métodos para revelar a verdadeira natureza da mente e atingir a iluminação; a segunda das Três Jóias de refúgio.

. Dharmadatu – Espaço absoluto; espaço da realidade última.

. Lama – No Vajeayana, o mestre espiritual, que demonstra o caminho da iluminação e proporciona as instruções e orientações; a primeira das Três Raízes do refúgio, a raiz das bênçãos.

. Mantra – Sílabas, geralmente em sânscrito, que corporificam a fala iluminada da deidade; significa “aquilo que protege a mente do praticante”, por exemplo, da negatividade e do pensamento confuso.

. Padmasambava – Também conhecido como Guru Rinpoche, o mestre indiano que estabeleceu os ensinamentos Vajrayana no Tibete, no século VIII, reverenciado como o segundo buda.

. Samsara – O ciclo infindável de renascimento e morte nos seis reinos, que são permeados pelo sofrimento.

. Seis Perfeições – As qualidades perfeitas de um bodisatva que dão suporte à prática do caminho Mahayana; a generosidade, a disciplina moral, a paciência, a diligência, a concentração e o conhecimento transcendente.

. Seis Reinos – As realidades experimentadas pelos seres presos no samsara devido à confusão fundamental em relação à verdadeira natureza da mente e também a um veneno mental predominante: dos reinos do inferno (a raiva ou o ódio), dos fantasmas famintos (a avareza ou a cobiça). dos animais (a ignorância), dos seres humanos (uma mistura de venenos), dos semideuses (a inveja) e dos deuses (o orgulho).

. Shamata – O calmo permanecer; um dos três maiores métodos de meditação budista, no qual a mente descansa, unidirecionalmente, sem distrações.

. Três Jóias – O Buda como mestre, o Dharma como os ensinamentos e a Sangha como a comunidade de praticantes; as fontes externas de refúgio.

. Tulku – A encarnação de um mestre espiritual anterior que tomou um renascimento intencionalmente para beneficiar os seres.

Fonte: “Portões da Prática Budista – Ensinamentos essenciais de um lama tibetano” de Chagdud Tulku Rinpoche

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s